Seu IP: 54.92.201.232
Projetos - Votar
Promova este Projeto! Indique para seus amigos.
Participe! Deixe seu Comentário.
Instituirá o serviço gratuito de informação e orientação sexual, por telefone e Internet, para os jovens.
http://www.parlamentobrasil.com.br/325/projeto/Instituira-o-servico-gratuito-de-informacao-e-orientacao-sexual-por-telefone-e-Internet-para-os-jovens-
Copie a URL ao lado e
compartilhe com seus amigos
TOTAL DE VOTOS
1
A FAVOR (100%)
1
CONTRA (0%)
0
Categoria:
Educação
Alcance:
Federal
Permite Votos Até:
19-04-2013
Seu Nome
Seu E-mail
 Eu voto    A FAVOR     CONTRA    este Projeto.
  Quero acompanhar o resultado desta votação
Descrição deste Projeto
O projeto institui o serviço gratuito de informação e orientação sexual, por telefone e Internet, para os jovens. O serviço fica limitado a questões sobre prevenção e controle de gravidez e defesa e combate às doenças sexualmente transmissíveis, contando com linha telefônica exclusiva e portal de acesso junto ao sitio do Ministério da Saúde, responsável também pela supervisão das informações prestadas.

Segundo o deputado, o objetivo o projeto é viabilizar o serviço de combate e prevenção à gravidez precoce e defesa e combate às doenças sexualmente transmissíveis, atendendo especificamente àqueles que estão iniciando sua vida sexual, estando, portanto, mais vulneráveis. Estudo recente da Organização Mundial da Saúde (OMS) revela que 22% dos adolescentes iniciam a atividade sexual aos 15 anos de idade. O mesmo estudo apontou que a iniciação sexual precoce está associada ao não uso, ou uso inadequado de preservativos, gerando, invariavelmente, gravidez precoce e transmissão de doenças sexuais. A sexualidade, assim como a inteligência, é construída a partir das possibilidades individuais e da interação com o meio e a cultura. As crianças recebem desde muito cedo, uma qualificação ou “julgamento” do mundo adulto em que está imersa, permeado de valores e crenças que comporão sua vida psíquica. Como é durante a adolescência que o desenvolvimento sexual adquire a sua plenitude, permitindo a procriação, é fundamental que este tema seja privilegiado, orientando os jovens sobre as questões sexuais e identificando se há algum problema nesta área.

Outro ponto importante que envolve a questão da sexualidade na adolescência diz respeito à gravidez. A OMS considera a gravidez precoce um problema médico-social grave e de alto risco para saúde das jovens. Especialistas advertem que entre os principais riscos está a maior incidência de partos prematuros e recém-nascidos de baixo peso e a incidência de doenças venéreas. Além disso, a gravidez na adolescência envolve muito mais que problemas físicos, traz também problemas emocionais e sociais. A grande maioria das meninas não tem condições financeiras nem emocionais para assumir a maternidade e, por causa da repressão familiar, muitas fogem de casa. De acordo com a pesquisa “Juventudes Brasileiras”, realizada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), a evasão escolar é uma das conseqü.ncias imediatas da gravidez na adolescência: 25% (vinte e cinco por cento) das garotas que engravidam abandonam a escola. Por sua vez, na discussão das doenças sexualmente transmissíveis, o enfoque deve ser coerente com os princípios gerais e não deve acentuar a ligação entre sexualidade e doença ou morte. As informações sobre as doenças devem ter sempre como foco a promoção de condutas preventivas, enfatizando a distinção entre as formas de contato que propiciam risco de contágio daquelas que, na vida cotidiana, não envolvem risco algum. Oportunamente, cabe ressaltar que a orientação a ser dada pelo profissional não pode ser preconceituosa e nem carregada de códigos morais ou religiosos, devendo utilizar preferencialmente terminologias próprias e não gírias. É necessário enfatizar que o ato sexual envolve duas pessoas, de caráter íntimo e privado e que ambas têm que estar de acordo com o que está sendo feito e, portanto, prontas para assumir as responsabilidades advindas deste, orientandoos, ainda, quanto à anticoncepção e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.
Veja o vídeo de defesa deste Projeto


Não consta nenhum vídeo para este Projeto!
Promova este Projeto. Indique-o para seus amigos.
Meu Nome:
Meu E-mail:
E-Mail do meu amigo:
Comentários:


Caracteres digitados: 
Caracteres restantes:
 
Show Layer
Comentar este Projeto. Participe do debate.
0 Comentários postados até agora.
este projeto ainda não foi comentado. Seja o primeiro.
Envie seu comentário
Meu nome


Meu E-mail:


Comentário


Caracteres digitados: 
Caracteres restantes:

Pesquisa Rápida